Michel Temer atribui a Wagner aliança nacional entre PT e PMDB

Na paradisíaca ilha de Comandatuba, em encontro realizado na quinta-feira (22/04/2010) do 9° Fórum Empresarial promovido pelo Grupo de Líderes Empresariais (Lide), um comentário do cacique peemedebista, Michel Temer, sobre a aliança entre o PMDB e o PT, passou de soslaio pela platéia de empresários presentes ao evento. “O então ministro das relações institucionais, Jaques Wagner, aproximou os dois partidos no Congresso Nacional. É triste não darmos continuidade a este projeto aqui, logo na Bahia, que era vista como referência no país para esta união”, desabafou Temer.

Wagner ainda complementou ao relatar diálogo com o presidente Lula no período: “Presidente, o PMDB possui a maior bancada no Congresso Nacional. Temos que reconhecer a força deles e o reconhecimento de muitos parlamentares que compõem a base do partido”, confidenciou o governador.

Aos sorrisos, Temer ainda esboçou que não vai desistir da aliança no estado, deixando escapar o quanto Wagner ainda está ativo na costura das alianças nos demais estados que irão sustentar a plataforma política da candidata petista Dilma Rousseff.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]