Inauguração de novas unidades da Unigel gera 250 empregos na Bahia

Jaques Wagner.

Jaques Wagner.

O estado da Bahia vive um dos melhores momentos da sua economia. Nos três primeiros meses de 2010, os números da geração de emprego já refletiam a superação da crise mundial, com o crescimento econômico nas áreas do comércio, agropecuária, construção civil, indústria, entre outras. No mês de março, o setor industrial, sozinho, foi responsável pela contratação direta de 3.146 trabalhadores, de um total de 10.226.

A expectativa para bater um novo recorde anual e, novamente, se firmar como o melhor desempenho da região Nordeste é a melhor possível. Nesta terça-feira (20/04/2010), o Grupo Unigel inaugurou oficialmente as novas unidades da empresa na Bahia.

Localizadas no município de Candeias, na Região Metropolitana de Salvador, as divisões de Químicos e Fertilizantes e a Divisão de Plásticos geram 250 empregos diretos. Para a construção foi utilizada a mão de obra temporária de 1.200 operários.

Há dois meses no quadro de funcionários da Unigel, Carlos Eduardo de Melo prestava serviço para empresa quando foi convidado para fazer parte do grupo. Atualmente, na função de mecânico, ele está radiante com o novo emprego. “Pra mim está sendo uma experiência muito importante porque, no pouco tempo que trabalho aqui, a empresa tem proporcionado melhorias em minha vida. Estou tendo a oportunidade de estudar e minha vida financeira melhorou bastante”.

De acordo com o vice-presidente do grupo, Marc Slezynger, dois fatores influenciaram na decisão de ampliar os negócios no Brasil – incentivos fiscais e trabalhadores capacitados. “Nós já atuávamos na Bahia. O Estado tem apoiado muito a empresa. Temos incentivos e uma mão de obra muito boa. Oitenta por cento da Unigel está aqui.” Entre os benefícios, o governo estadual, por meio da Secretaria da Indústria, Comércio e Mineração (Sicm) intermediou, junto ao governo federal, a redução do Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ).

Aumento de produção

A inauguração das duas plantas industriais da Unigel, em Candeias, fez com que a produção de sulfato de amônio (insumo para fertilizantes) subisse de 130 mil para 400 mil toneladas por ano e de metacrilatos (plásticos acrílicos utilizados na indústria automobilística, eletroeletrônico, utensílios domésticos, entre outros) tivesse um aumento anual de 30 mil para 90 mil toneladas. O acrílico é uma tendência mundial, tendo inclusive ampliado o seu uso nos painéis de LED das modernas telas de TV. Parte da produção brasileira é para o consumo interno, mas a Unigel também exporta para a Europa e Ásia.

O governador Jaques Wagner prevê que, diante da expectativa de crescimento para o setor, em torno de 6% a 7%, deverão ser abertas novas vagas e surgirá a necessidade de qualificação da mão de obra para suprir esta demanda.

Wagner, ex-funcionário do Grupo Unigel, informou que o Governo da Bahia já está dialogando com os industriários para, juntos, desenvolverem projetos de qualificação profissional. “Na condição de governador, me estimula proporcionar mais cursos de qualificação e capacitação. Quando eu trabalhava aqui, tive a oportunidade de fazer um curso de seis meses de tubulação industrial”.

Durante a inauguração das unidades da Unigel, o governador Jaques Wagner foi homenageado com uma cópia da sua ficha cadastral junto à empresa, que foi a primeira indústria petroquímica em que trabalhou. Ele foi admitido pelo grupo Unigel no dia 20 de abril de 1976.

Além de agradecer a política estadual para a atração de investimentos industriais, o presidente do grupo, Henri Slezynger, deu as boas vindas ao chefe do Poder Executivo baiano. “O governo tem sido decisivo para o desenvolvimento industrial na Bahia. Comemoramos, hoje, uma data especial. Há 34 anos, precisamente, o funcionário Jaques Wagner foi registrado na função de Encanador 2”.

O governador também lembrou um fato marcante na sua vida profissional. “Um dia, ocorreu um problema com uma tubulação e, quando fui fazer a emenda do tubo, queimei o rosto com ácido sulfúrico. Foi emocionante visitar a unidade na qual trabalhei. Hoje, eu sei que a Unigel cumpre rigorosamente todos os critérios de segurança no trabalho, com a máxima eficiência e equipamentos de alta tecnologia. A realidade naquela época era bem diferente”.

No município de Candeias, o Grupo Unigel também desenvolve projetos sociais nas áreas de educação, qualificação profissional e cultura. De acordo com a diretoria da empresa, existe ainda a preocupação em desenvolver produtos ecologicamente corretos, evitando danos ao meio ambiente. A gestão atual está focada na expansão das atividades no Brasil e no México, outro mercado de atuação da empresa e onde também funciona um complexo petroquímico.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]