Frei Dilson Batista, prefeito de Itamaraju gasta R$ 160 mil em um milhão de cópias xerox

Frei Dilson Batista, prefeito de Itamaraju no exercício de 2008, foi mais uma vez multado pelo Tribunal de Contas dos Municípios, agora por supostos gastos de R$ 160.387,50, equivalentes a mais de um milhão (1.139.647, para ser exato) de cópias xerox, 8.924 encadernações e 3.342 plastificações, através de contratos entre empresas e a prefeitura.

Nesta quinta-feira (15/04), o relator do processo, conselheiro Fernando Vita, imputou multa de R$ 7 mil ao gestor, que cumpriu em parte o requisito para a formalização de uma das contratações, com a realização do processo de licitatório, mas efetuou contratos sem licitação no valor total de R$ 82.572,50, utilizando-se do expediente de fragmentação de despesa. Cabe recurso da decisão.
Segundo o conselheiro, “pecou a administração no que diz respeito à observância dos princípios constitucionais da razoabilidade e economicidade, em razão da desproporção aferida entre os gastos efetivados e a destinação dos recursos, sendo certo que a quantia gasta poderia ser melhor aplicada em ações administrativas voltadas para a melhoria das condições de vida da população”.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]