Empréstimo do Banco Mundial para expansão do metrô de São Paulo

Órgão irá financiar o fornecimento de trens e materiais de sinalização como parte do projeto de extensão da linha 5.

O Banco Mundial aprovou empréstimo de US$ 650 milhões, mais de R$ 1,1 bilhão, ao estado brasileiro de São Paulo.

Os recursos serão destinados ao apoio para a expansão da linha 5 do metrô paulistano. O banco irá financiar o fornecimento de trens e materiais de sinalização como parte do projeto.

Pobres

Segundo o diretor do órgão no Brasil, Makhtar Diop, a expectativa é que o projeto melhore a vida dos pobres urbanos da capital paulista.

Dioup lembrou que a população carente é a principal usuária de transporte público e gasta mais de 1/5 da renda em tarifas.

Ele também ressaltou que os mais pobres são afetados por problemas como longas viagens para o trabalho e outros serviços públicos, e capacidade limitada de serviço em horas de pico.

Congestionamento

O Banco Mundial afirma ainda que o projeto deve ajudar a aliviar o sério congestionamento de São Paulo, com a continuidade do processo de integração do metrô, trens urbanos e ônibus.

A primeira fase da linha 5 está em operação desde 2002. A expansão irá ligar a região de Santo Amaro ao centro da cidade. De acordo com o órgão, os 11,7 Km de extensão devem transportar 630 mil passageiros por dia.

*Com informação da Rádio ONU em Nova York

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]