Audiência Pública na Assembleia Legislativa da Bahia para debater Explosão da Fábrica de Fogos de Santo Antônio de Jesus em 1998

Nesta terça feira, (27/04/2010), acontecerá na Assembleia Legislativa da Bahia uma audiência pública sobre o caso da explosão da fábrica de fogos em Santo Antônio de Jesus, que matou 64 pessoas no dia 11 de dezembro de 1998.

O foco da audiência será a ação penal que aponta como responsáveis pela explosão Osvaldo Prazeres Bastos (conhecido como “Vardo dos Fogos”) e outros sete réus – todos integrantes da mesma empresa ilegal de fabricação de fogos. O caso se arrasta há dez anos na Justiça e ainda não há data prevista para a realização do julgamento.

(LEIA: “ESTADO BRASILEIRO RECONHECEU RESPONSABILIDADE PERANTE OEA”)

A audiência foi convocada pelo Deputado Estadual Yulo Oiticica e terá a participação de representantes de organizações de direitos humanos – entre eles a atriz Maria Zilda Bethlem.

Participantes

Maria Madalena Rocha – Movimento 11 de Dezembro

Ana Maria Santos – Forum de Direitos Humanos de Santo Antonio de Jesus

Manoel Mota – Creche 11 de Dezembro

Luciana Garcia – Justiça Global

Maria Zilda Bethlem – Representante do Movimento Humanos Direitos

Dia: terça-feira, 27 de abril

Horário: 10h

Local: Plenarinho da Assembleia Legislativa da Bahia em Salvador.

Contatos

Ana Maria Santos – Fórum de Direitos Humanos de Santo Antônio de Jesus – (71) 8896-5096
Rosa Rocha – Movimento 11 de Dezembro – (75) 8807-0466

Luciana Garcia – Justiça Global – (21) 8693-1552
Assessoria do dep. Yulo Oiticica (Silene e Luciana) – (71) 3115-7138

VEJA a reportagem “TERRA DE FOGOS”

LEIA: “OUTRAS EXPLOSÕES EM 2007 E 2008”

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]