ABCSEM tem trabalho voltado ao segmento de Hortaliças, Frutas e Ornamentais, a associação atua desde 1970 desenvolvendo ações

ABCSEM tem trabalho voltado ao segmento de Hortaliças, Frutas e Ornamentais, a associação atua desde 1970 desenvolvendo ações.

ABCSEM tem trabalho voltado ao segmento de Hortaliças, Frutas e Ornamentais, a associação atua desde 1970 desenvolvendo ações.

ABCSEM: 40 anos dedicados à prosperidade do setor 

Consolidada por seu trabalho como representante do segmento de Hortaliças, Frutas e Ornamentais (HFO), a Associação Brasileira do Comércio de Sementes e Mudas (ABCSEM), comemora em 2010, precisamente no dia 24 de abril de 2010, 40 anos de fundação.

Ao longo de sua história, a ABCSEM vem construindo uma imagem sólida no país e no exterior, e uma excelente parceria com diversas instituições de ensino e pesquisa, empresas do setor e órgãos do governo, tanto na Federação quanto nos Estados, visando o fortalecimento da cadeia produtiva.

“A ABCSEM é uma associação de expressão no apoio ao desenvolvimento da cadeia de HFO, que busca incessantemente a união e a organização da classe. Construímos ao longo desses 40 anos, um excelente relacionamento com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), contribuindo para a revisão e elaboração de normas aplicáveis ao desenvolvimento e organização da cadeia produtiva”, afirma Luis Eduardo Rodrigues, presidente da ABCSEM.

Sementes, Mudas e Ornamentais

Lembrando um pouco da trajetória da entidade, Luis Eduardo comenta que a ABCSEM teve início com um pequeno número de empresas interessadas na abertura de processos de importação de algumas variedades de sementes. Atualmente a ABCSEM conta com o comprometimento de 65 associados, presentes na maioria dos Estados, e congrega mais de 98% das empresas de comércio, pesquisa, melhoramento genético e produção de sementes de hortaliças com atuação no Brasil. Conta ainda com a importante participação de representantes do segmento de mudas de hortaliças e de flores e ornamentais, que foram aderindo à associação ao longo dos anos, com o desenvolvimento do mercado interno e externo desses produtos, dada a necessidade de organização do setor e de melhor orientação para o cumprimento das regulamentações legais do MAPA.

Importante segmento ligado à horticultura nacional, os viveiros de mudas de hortaliças, hoje, representam uma significativa parcela do comércio de sementes. Segundo seu presidente, a associação busca a estruturação do setor, aumentando a capacidade produtiva e a tecnologia de produção, empenhada na união dos produtores. “Também os aspectos legislativos e normativos são desenvolvidos pela ABCSEM, em conjunto com outros participantes da cadeia e com os órgãos fiscalizadores, visando à legalização de todos os produtores e comerciantes.”

 Luis Eduardo explica que, assim como sementes e mudas de hortaliças, o segmento de mudas de flores e ornamentais tem alcançado maior reconhecimento ao longo dos anos, devido à sua grande importância para a agricultura brasileira, principalmente relacionada ao alto índice de mão-de-obra empregada, contribuindo socialmente para o desenvolvimento do país com a manutenção de mais de 3 milhões de empregos no campo, de acordo com estimativas da própria associação.

Comprometimento 

A ABCSEM sempre lutou pela integração e a defesa do segmento de HFO, extremamente importante social e economicamente para a agricultura nacional, e por isso, “acredita na atualização e capacitação dos produtores e comerciantes, promovendo vários eventos para orientação e debate de assuntos importantes para o setor, além da realização frequente de cursos técnicos e treinamentos normativos”. Luis Eduardo acrescenta que “os avanços tecnológicos do setor, principalmente na área de tecnologia de produção, têm levado a inúmeros benefícios tanto ao produtor, quanto à dona de casa, que hoje contam com uma grande variedade de produtos, entre flores e hortaliças, das mais variadas nacionalidades, resultado de anos de investimento para sua adaptação nas diferentes regiões brasileiras”.

Imprescindível para o sucesso da entidade, “o comprometimento dos associados e funcionários com a ABCSEM é fator determinante para alcançarmos estes 40 anos de crescimento e desenvolvimento da instituição. Hoje somos uma associação reconhecida internacionalmente pelo profissionalismo, ética e trabalho dedicado ao segmento de HFO, que se estende a toda agricultura brasileira”, salienta.

Futuro desafiador e próspero 

“Temos trabalhado com bastante afinco por aspectos normativos aplicáveis ao setor. Por isso, a orientação e capacitação em assuntos técnicos e legais, oferecidas pela ABCSEM é de suma importância e tem sido amplamente trabalhada pela associação. A ABCSEM busca também ampliar sua representatividade no país, uma vez que o fortalecimento e desenvolvimento do setor deve ocorrer de forma harmônica, por meio da participação de um número cada vez maior de associados”, enfatiza o presidente da ABCSEM.

“Um dos grandes desafios ainda enfrentados pelo setor é a fiscalização de denúncias do comércio de sementes e mudas ilegais e de retornos mais ágeis do MAPA para o nivelamento das diferentes interpretações das normativas do setor, junto aos fiscais agropecuários. Nesse sentido, a ABCSEM continuará fomentando mais discussões, ações e projetos visando maior entendimento com os órgãos do Governo, e incentivando o desenvolvimento do setor”, complementa Luis Eduardo.

Entre as principais estratégias definidas para o futuro da ABCSEM pela nova diretoria, que tomou posse em março deste ano, está a intensificação de parcerias com instituições de ensino e pesquisa, órgãos públicos e empresas do setor, buscando o fortalecimento da cadeia produtiva; bem como a elaboração ou revisão de legislações aplicáveis à produção e comercialização nacional e internacional de sementes e mudas, junto aos Ministérios da Agricultura, da Saúde e do Meio Ambiente, e o treinamento para sua aplicação prática pelo setor. A ABCSEM buscará ainda o fortalecimento da cadeia de HFO através do aumento de sua representatividade, com a ampliação do quadro de associados, parcerias com outras entidades e incentivo ao consumo de HFO.

Também estão previstos importantes projetos, como a publicação de uma nova edição do Manual Técnico de Hortaliças, de um livro sobre tecnologia de produção de mudas, e um livro alusivo à história da entidade e ao desenvolvimento do setor, em comemoração ao seu 40º aniversário. Todos com lançamentos previstos para este ano.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]