A notícia nos bastidores das redações

Com a aceleração do fluxo de informações provocada pela internet, jornais e revistas já não guardam mais a sete chaves os assuntos de suas próximas edições. Expor aos leitores o processo de produção de notícias, ou mesmo trocar idéias com o público durante a apuração de um tema, pode ser mais vantajoso que esconder uma pauta da concorrência até a publicação.

No site de microblogs Twitter, a revista The Economist volta e meia informa, com alguns dias de antecedência, qual será o assunto de sua próxima capa. Em um tweet de janeiro, o chefe da sucursal da revista em Nova York, Matthew Bishop, dizia aos usuários: “Estou me preparando para entrevistar o (economista americano) Joe Stiglitz esta noite. Alguma pergunta para ele?”

O New York Times apostou no interesse dos leitores em conhecer os bastidores da produção de notícias, e lançou recentemente o TimesCast – um programa de cerca de seis minutos mostrando trechos da reunião de pauta, entrevistas com repórteres sobre os desafios da apuração e análises dos editores sobre as notícias do dia seguinte. O videocast ganha destaque diariamente, na hora do almoço, no alto da homepage do jornal.

“Claramente, a preocupação do New York Times em explicar o processo de oferecer notícias aos leitores é maior que o medo de dar dicas demais aos concorrentes”, analisa a jornalista Mercedes Bunz, do blog de tecnologia do jornal inglês The Guardian.

“Não se trata de dar a notícia simplesmente e em primeira mão, mas de mostrar como o New York Times vê o assunto – nossa análise, nossa abordagem particular”, explicou Ann Derry, diretora editorial para vídeo e televisão do NYT, ao blog do jornal Media Decoder. Cada vídeo é precedido de um espaço para anunciantes.

Enquanto alguns observadores criticaram o TimesCast e reclamaram de um formato “cansativo”, outros consideraram a iniciativa de mostrar o processo de fabricação da notícia “fascinante”.

O jornal The Boston Globe, também publicado pela NY Times Co., foi outro a lançar um videocast no mês passado – o Globe Today, que traz as notícias mais importantes que serão publicadas no dia seguinte, mas sem o enfoque no processo interno de produção.

Em setembro, o jornal de economia The Wall Street Journal, de Nova York, lançou o“The News Hub”, publicado diariamente de manhã e à tarde, reunindo repórteres, colunistas e editores para falar sobre os assuntos mais relevantes da próxima edição.

Outras notícias relacionadas:

Está na hora de premiar o jornalismo participativo? (The Guardian)

*Com informação do Centro Knight

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]