TSE suspende eleições suplementares em Lajedo do Tabocal (BA)

O ministro Ricardo Lewandowski, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), suspendeu as eleições suplementares para prefeito de Lajedo do Tabocal (BA) que ocorreriam em 20 de dezembro de 2009. O ministro determinou que o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) edite outra resolução com nova data para o pleito, respeitando desta vez os prazos processuais fixados na Lei Complementar nº 64/90.

A decisão do ministro foi tomada ao examinar pedido de liminar em mandado de segurança proposto pelo Partido Social Cristão (PSC) e Partido Republicano Brasileiro (PRB) e vale até o julgamento do mérito do próprio mandado.

As legendas afirmaram na ação que, ao descumprir os prazos estabelecidos na lei complementar, o TRE violou o devido processo legal e as garantias de defesa.

Lewandowski determinou ainda, em sua decisão, que o Tribunal Regional assegure o direito ao voto a todos os eleitores do cadastro atual aptos a votar nas eleições suplementares do município.

A Corte Regional convocou novas eleições em Lajedo do Tabocal para 20 de dezembro depois que o TSE manteve a decisão que indeferiu o registro de Reivaldo Moreira Fagundes, candidato mais votado para prefeito no município em 2008.

Processo relacionado: MS 4268

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected].br