Professores que não recebem o piso salarial devem procurar a justiça, alerta o deputado federal Severiano Alves

São Felipe, município do recôncavo baiano, não paga o Piso Salarial Nacional dos Professores. A denúncia foi feita pela presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB) local, Cláudia Calmon, durante encontro promovido pelo sindicato na cidade, na sexta (06/11/2009). O evento contou com a participação do autor do benefício, deputado Severiano Alves (PMDB-BA). Ele foi incisivo: “quem não estiver recebendo o que lhe é devido deve procurar a justiça e reivindicar seus direitos”.

Severiano disse que os professores devem pedir ao prefeito para mostrar as contas da prefeitura, caso seja alegada a falta de dinheiro como causa para o não pagamento do piso salarial. De acordo com o deputado, o dinheiro existe. É apenas uma questão de organização e de se priorizar a educação. “A valorização do professor finalmente tem de acontecer, tem de  ser cobrada. A constituição nos garante isso”, destacou.

Outro ponto abordado pelo peemedebista foi o prazo para estados e municípios implantarem os planos de carreira dos professores, que expira em 31 de dezembro deste ano. Segundo a presidente da APLB, pelo menos com relação a isto as notícias são animadoras. Ela informou que o plano de carreira da cidade está em andamento e que no próximo dia 13 haverá reunião para finalizar o trabalho. “Não perderemos o prazo”, afirmou.

Juracy Bonfim, presidente do PDT de São Felipe, lembrou que o deputado também está atento à saúde da população local. “O deputado Severiano Alves se preocupa com a educação e com a saúde da nossa população. Ele já conseguiu a liberação de duas verbas  para  a área de saúde, destinadas ao nosso município”, informou.

Também participaram do encontro, os vereadores Lauro Moura Bonfim, de São Felipe; Toinho, de Riacho Doce; Marcos Có, de Santo Antônio de Jesus; a diretora da Regional da APLB, Alina Rita; o presidente da Associação de São José dos Pilões, Juva; além de líderes comunitários e professores. O prefeito da cidade, Francisco Andrade Ferreira, não compareceu devido a outros compromissos, segundo Bonfim.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]