Leitor do JGB, Hernani Cardoso registra protesto em forma de artigo: A cidade sem retorno

Transitar nas Avenidas de Feira de Santana virou um transtorno e uma irritação sem fim. O “Pedreiro de Trânsito” André Fialho (um homem desse não pode ser chamado de Engenheiro) está acabando com a cidade com suas idéias futurísticas.

Sem ter o mínimo de bom censo e nem se quer feito um estudo se iria dar certo, o “Pedreiro de Trânsito” saiu fechando 80% dos retornos da Getúlio Vargas e outros na Maria Quitéria, alegando melhorar o trânsito. Esse cidadão, esqueceu de analisar foi que o volume de veículos de 04 (quatro) retornos André Fialho, acumulou em apenas um (01), aumentando o fluxo desse um e conseqüentemente engarrafando a Getúlio Vargas.

Se você faz um evento e coloca 05 (cinco) bebedouros de água gelada para 500 pessoas o movimento vai ser grande. E se você resolver, para economizar água e energia, retirar 04 (quatro) desses bebedouros o que vai ser. Está sendo assim no trânsito de Feira. Os retornos que tinham já eram poucos e agora sem eles?

O “Pedreiro de Trânsito” quer reduzir o tráfego na Av. Getúlio Vargas com as mudanças, mas como é que vamos passar para o outro lado da cidade já que não temos como retornar? E os comerciantes, será que estão satisfeito com as mudanças já que o motorista (os clientes) tem que fazer longos percursos para retornar ao seu comércio?

Na maioria das cidades, onde existe uma engenharia de tráfego com bom censo, é feito um estudo e depois um teste se a mudança funcionará. Em Feira de Santana foi diferente. “Vamos aguardar a conclusão das obras para, a partir disso, saber se vão permanecer ou se será necessários mudanças” palavras do Major Vanderval (superintend. Trans.) ou então um homem com toda a liberdade de fazer o que quer, simplesmente decidiu que seria do jeito dele e mandou ver nas mudanças.

Os motoristas de Feira estão mais nervosos e irritados do que nunca, também poderá, se você está de um lado da Av. Getúlio Vargas e precisa voltar para pegar um documento ou entregar alguma encomenda ou mercadoria, com certo peso, do outro lado, se prepare para fazer um Tour por Feira.

Nós, população, moradores e visitantes de Feira de Santana, estamos acostumados trafegar em poucas distâncias porque tudo é perto, mas o “Pedreiro de Trânsito” resolveu nos prejudicar com o aval do ilustre prefeito e médico, sem experiência em administração, Tarcísio Pimenta.

Se você está irritado, indignado e insatisfeito como eu estou, envie esse e-mail para todos os endereços abaixo e vamos tentar mudar essa situação, já que estamos vivendo em uma ditadura municipal, onde o que está com um “poderzinho” faz o que quer e quem não estiver satisfeito e caia fora.

*Com informações de Hernani Cardoso.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]