Implantação de Pólo Naval da Bahia, divulgado pelo governo Wagner, é transferido para o Rio de Janeiro

De acordo com notícias veiculadas, recentemente, no blog Bahia Econômica, informa que o tão decantado – Pólo Naval da Bahia, um dos projetos mais divulgados por Wagner, no seu início de governo, está com os dias e as horas contadas. A própria SICM? Secretaria de Comércio, Indústria e Mineração admite o fato e já suprimiu toda e qualquer menção ao projeto. Fala-se agora na possibilidade de viabilizar a implantação de um grande estaleiro e a ampliação da construção de plataformas de petróleo.

O governador Jaques Wagner no início do governo, teria investimentos de R$ 2 bilhões da iniciativa privada e deveria gerar mais de 10 mil postos de trabalho, mas o projeto acabou sendo atropelado pelo rigor dos órgãos ambientais da Bahia. Em função dessa realidade, as possibilidades de criação de um pólo naval na Bahia foram transferidas para Maricá, no Rio de Janeiro, onde os órgãos ambientais cariocas são considerados mais flexíveis no tocante ao licenciamento ambiental.

As dificuldades ambientais, já detectadas anteriormente pelo ex-secretário da SICM, Rafael Amoedo, obrigou o governo do Estado a redirecionar seus projetos abandonando o conceito de pólo naval e voltando suas ações para a implantação de um grande estaleiro. A idéia seria estabelecer na Bahia uma filial do Estaleiro Atlântico Sul, o maior do país, localizado em Pernambuco, para atender a demanda da Petrobras.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]