Brasil vai receber supercomputador doado por escola Suíça

O Brasil vai receber em 2010 o supercomputador Blue Gene, com capacidade de efetuar um trilhão de operações por segundo. A máquina, que equivale a alguns milhares de computadores comuns atuando em rede, foi doada pela Escola Politécnica Federal de Lausanne (EPFL), na Suíça. O supercomputador vai ser instalado no Campus do Cérebro, em Macaíba (RN). O projeto de pesquisa em neurociência é coordenado pela Associação Santos Dumont para Apoio à Pesquisa (Aasdap) em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Segundo o presidente da Aasdap, o neurocientista Miguel Nicolelis, será o primeiro supercomputador do Hemisfério Sul. A previsão é que ele comece a funcionar em meados de 2010. De acordo com o pesquisador, a máquina poderá ser usada para trabalhos em várias áreas do conhecimento. “São como milhares de computadores operando em rede, mas tudo em uma máquina só. O supercomputador poderá ser usado para análises de mudanças climáticas, modelos biológicos, genômicas, geológicas e de análises cerebrais”, explicou.

Com a formalização da doação, o governo da Suíça e o Ministério da Educação brasileiro estudam a logística para trazer a máquina para o Brasil. O computador de 2 toneladas precisa ser transportado ligado. O MEC vai arcar com os custos de instalação da nova infraestrutura que precisará ser construída em Macaíba para receber a máquina.

O ministro da Educação, Fernando Haddad, ressaltou que os projetos desenvolvidos pelo Campus do Cérebro têm atraído pesquisadores internacionais para o Brasil. “A previsão de investimento do MEC no Campus do Cérebro, ao longo dos próximos anos, é de R$ 100 milhões”, disse. Cientistas e técnicos brasileiros vão à Suíça para receber treinamento para operar e cuidar da manutenção do supercomputador.

*Com informações da Agência Brasil

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]