Gastos com educação sofre queda e dobram as verbas para publicidade

A queda na qualidade da Educação na Bahia foi o tema que o deputado Paulo Azi (DEM) abordou hoje, (15/04/2009), na sessão plenária. Ele questionou a diminuição da receita líquida do Estado destinado à Educação, de 30% para 27%. São R$250 milhões que deixaram de ser aplicados nos dois primeiros anos do governo Jacques Wagner. “Nenhuma sala de aula foi construída e faltam 7. 500 professores para ministrar aulas ao alunado”, resumiu o deputado.

Segundo o parlamentar, funcionários terceirizados não recebem salário desde outubro do ano passado e prefeitos estão sendo obrigados a oferecer transporte e merenda escolar – o que é compromisso do estado. O democrata questionou ainda como é que o governo reduz os gastos com Educação e dobra gastos com publicidade. “São R$120 milhões para publicizar o que não existe, enquanto se corta verbas para setores importantes como Educação, Saúde e Segurança Pública” enfatizou o deputado Paulo Azi.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]