Adelia Estevez na Casa Cor 2008 | Por Lilia Campos

Nessa Casa Cor 2008, o ambiente assinado por Adelia Estevez mostrou mais uma vez elegância e charme na sua composição. Contando com peças de designers renomados a Designer de Interiores conseguiu juntar elementos característicos da cultura oriental junto à modernidade do mundo ocidental, obtendo assim uma sofisticada mistura de cores e formatos em seu ambiente.

Com paredes em cor vermelha e objetos dourados, o ambiente faz uma homenagem ao oriente e toda sua imponência tanto no velho quanto no novo século. O uso do dourado se apresenta no ambiente como um subversor de tradições, estabelecendo uma ponte entre o clássico e o contemporâneo e dando ao ambiente um glamour digno das grandes atrizes francesas da década de 50.

Também estão presentes no ambiente, obras de designers renomados, como o banquinho “A Pedra” de Paulo Alves e um extenso banco (Tibetano), ambos são feitos de madeira de reflorestamento, sendo assim um ato de conscientização para o público sobre a atual situação do desmatamento em âmbito nacional. Conta também com a mesa de centro “Zeus” de Ro Schimdt, de base em espelho com tampo em cristal e com o cubo revestido em espelho, de Jacqueline Terpins. Na mesa lateral ela usou a mesa Jakquelina, do designer Pedro Mendes. Além disso, há também a tela de Fátima Tosca, com predominância de cores vibrantes as quais dão um contraponto ao padrão vermelho e dourado, não deixando o ambiente monocromático.

Um dos destaques do ambiente é o painel de espelhos, que faz uma homenagem ao pintor holandês Piet Mondrian que viveu entre 1872 até 1944 e foi um dos mais importantes representantes do neoplasticismo no mundo. Assim como nas obras de Mondrian, o painel conta com quadrados de espelho postos em uma ordem aparentemente sem sentido, porém a ordem dos quadrados apreseta uma razão muito mais filosófica, a desordem do mundo, a criatividade em expansão, tudo isso se reflete nos quadrdaos não só de Mondrian, mas também nos de Adelia Estevez.

Adelia Estevez pôs em seu ambiente toques pessoais, como em uma pequena referência ao seu estilista favorito e em uma parede que conta com o tema visto na Feira de Milão deste mesmo ano, “As Flores!”. E seu lado alegre e divertido nas peças inseridas na primeira estante, sem esquecer elementos que exaltam a contemporaneidade do ambiente: Toy Art.

Continuando, na segunda sala do ambiente está mais presente a idéia do clássico. Na estante há diversas obras de fotógrafos famosos, as paredes são banhadas por persianas de tecido leve e sutil com uma transparência dourada, o que é realçado pela iluminação dos ambientes, ora com um grande lustre em cristal, sobre uma mesa em madeira, ora com luzes pontuadas e intimistas.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]