Uefs debate políticas de permanência de alunos

A Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) promove terça-feira (27/04/2008), a partir das 14 horas, atividades de interação com as chamadas comunidades tradicionais – indígenas e quilombolas. Serão palestras e debates sobre as políticas de permanência dos estudantes, como o restaurante universitário, que dispõe de alimentos a preços subsidiados, e a ampliação da residência universitária. Será no auditório 5, módulo 7 do campus.

As atividades são destinadas não apenas a indígenas e quilombolas. É esperada a participação de toda a comunidade, inclusive a externa. Segundo Diego Carvalho, componente do Movimento Popular de Feira de Santana e membro da comissão organizadora do evento, estão previstas apresentações culturais e artísticas por parte de membros dessas comunidades.

As políticas de ações afirmativas da Uefs reservam, dentre outros, duas vagas a mais, por curso, para indígenas e quilombolas. A iniciativa tem como objetivo a redução das desigualdades sociais históricas. “Ao mesmo tempo, comunidades indígenas e quilombolas poderão dispor de serviços prestados, pelos seus próprios membros, nas diversas áreas do conhecimento”, conforme salienta Washington Moura, vice-reitor da Uefs.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]