PF realiza operação contra fraudes na liberação de recursos para municípios

A Polícia Federal (PF) iniciou hoje (09/04/2008) operação para pôr fim a um esquema de liberação irregular de verbas do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Cerca de 500 agentes participam da ação e devem cumprir 150 mandados de prisão e de busca e apreensão em Minas Gerais, na Bahia e no Distrito Federal.

O prejuízo aos cofres públicos pode passar de R$ 200 milhões. De acordo com a Polícia Federal, as investigações foram iniciadas há oito meses. As fraudes teriam a participação de prefeitos, procuradores, magistrados e lobistas. Os levantamentos dos agentes mostram que decisões judiciais eram negociadas para repassar verbas a municípios devedores do Instituto Nacional de Segurança Social (INSS).

A PF constatou ainda que um escritório de advocacia era contratado, sem licitação, para oferecer vantagens a juízes e servidores do Judiciário. Os honorários recebidos pelos advogados eram repartidos com os prefeitos que solicitavam os serviços ilegais.

Denominada de Pasárgada, a operação tem o apoio de 23 analistas de finanças e controle da Controladoria-Geral da União (CGU). Ainda hoje a Polícia Federal deve conceder entrevista coletiva à imprensa em Minas Gerais para detalhar as ações

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]