Implantação do Centro Logístico Integrado em Feira irá gerar cerca de três mil empregos diretos

O Secretário Estadual de Infra-estrutura, Batista Neves, em visita feita, hoje, à Feira de Santana. Durante o almoço realizado na churrascaria Los Pampas, onde se reuniram o deputado estadual José Neto, vereador Marialvo Barreto, diversos militantes e lideranças do Partido dos Trabalhadores (PT), além de segmentos do empresariado feirense. Usou da palavra para falar sobre as metas cumpridas pelo governo do Estado, dando ênfase para a recuperação de mais de oito mil quilômetros de rodovias, resultado de convênio firmado entre o governo e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), que permitiu o investimento de R$ 195 milhões, sendo R$ 68 milhões financiados pelo BID e R$ 127 milhões oriundos dos cofres do Estado, na recuperação de 343,6 Km em onze trechos de sete rodovias baianas: (BAs 026, 046, 052, 131, 148, 130 e 262).

Com relação ao município de Feira de Santana, destacou a importância da implantação do Centro Logístico Integrado (CLI) para o desenvolvimento de Feira de Santana, onde, segundo ele, serão investidos aproximadamente R$ 150 milhões, o que propiciará aos feirenses cerca de 3 mil empregos diretos. ”Dos seis destinados para a Bahia, este será o segundo mais importante”, garante.

O projeto prevê ainda uma série de benfeitorias a ser feita no aeroporto, como reconstrução de muro de fechamento, recuperação do balizamento noturno, recuperação da sinalização horizontal, recapeamento da pista e selagem das trincas do revestimento, entre outras medidas. Os investimentos previstos estão orçados na ordem de R$ 3 milhões. Também serão feitos investimentos visando a duplicação do anel de Contorno da cidade, da BR116 Sul, e a recuperação da BR 324.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia).