Está previsto para este ano a instalação de 12 novas empresas no CIS

Com um investimento de aproximadamente R$ 39 milhões e mais 300 empregos diretos, 12 empresas estão em fase de implantação no Centro Industrial do Subaé (CIS), algumas delas promovendo relocacão e ampliação. A informação é do diretor geral da autarquia Carlos Frederico observando que esse quadro atesta a importância do parque fabril de Feira de Santana, cuja consolidação aponta a vocação – cada vez mais acentuada e de forma irreversível -, da terra da pecuária para o setor fabril. Outro ponto interessante para o qual ele chama atenção é a diversidade de segmentos que o CIS abriga atraindo empresas dos mais diferentes ramos.

No setor de alimento aparecem à Casa Grande Indústria e Comércio Ltda, que está se instalando na Avenida Desembanco, com um investimento de R$ 130.000,00 e a geração de nove empregos diretos; Laticínios Ômega, em fase de relocalização e ampliação, na Rua dos Operários, investimento de R$ 407.250,00 com a oferta de 38 empregos; no setor de artefatos de borracha a Standart Tyles Indústria e Comércio de Borrachas e Polimentos Ltda, fábrica de pneus, que investe R$ 15.000.000,00 para ampliar suas instalações, gerando 50 empregos, todas elas situadas no bairro do Tomba; Nestlé Nordeste Alimentos e Bebidas, ampliação, na BR-324, com aplicação de R$ 20.000.000,00 e 55 novos empregos.

No ramo metalúrgico a José Gomes Fonseca Cia Ltda, está se relocando para o núcleo do Tomba, onde amplia sua unidade fabril investindo R$ 103.250,00 oferecendo 20 empregos. A Branox Indústria e Comércio de Metais Ltda, voltada para a fabricação de artefatos de metais para uso doméstico, situada no Núcleo de São Gonçalo, investe R$ 311.600,00, gerando 45 postos de trabalho. No segmento têxtil a ATL-Ribeiro Têxtil está em fase de transferência e ampliação da sua unidade fabril para a Avenida Desembanco, Tomba, onde aplica recursos na ordem de R$ 254.340,00 e vai gerar 12 empregos diretos.

O segmento de lavanderia e tinturaria também está presente no CIS através da Lavanderia Nordeste, que edifica sua sede no Núcleo São Gonçalo, com um investimento em torno de R$ 458.754,25, e 40 empregos. No ramo químico duas empresas E. Paixão de Feira, que vai produzir velas, desinfetantes, detergentes e amaciantes, , onde investe R$ 103.625,00 e oferece 12 empregos e a Coroa Indústria e Comércio Ltda, fábrica de detergente em pó, núcleo tomba, com investimento de R$ 2.000.000,00 só na primeira fase e número de empregos ainda não definido, ambas situadas no bairro do Tomba. Além destass há outras indústrias que em breve estarão se relocando para o CIS, a exemplo da a Vipal e a Pais e Filhos.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]