TSE mantém mandato de deputada baiana que mudou de partido

Brasília – Por unanimidade, o plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu no último dia (19/02/2008) manter o mandato da deputada federal Jusmari Oliveira (PR-BA). Ela havia sido eleita pelo DEM, que entrou na Justiça alegando infidelidade partidária.

A migração para o PR ocorreu em 2007, quando o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que os mandatos de vereadores, deputados federais e estaduais pertencem aos partidos políticos e não aos eleitos. Em seguida, o TSE estendeu a fidelidade partidária aos cargos majoritários – senadores, prefeitos, governadores e presidente da República.

No entendimento do ministro Ari Pargendler, relator da ação no TSE, a parlamentar mudou de partido dentro do prazo permitido pelo tribunal para mudança de legenda, 27 de março de 2007.
De acordo com o tribunal, o DEM pode recorrer da decisão do plenário. Outros 15 processos por infidelidade partidária tramitam no TSE.

Redação | Jornal Grande Bahia Redação | Jornal Grande Bahia
E-mail

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]