O terreno estava árido | Por Luciano dos Anjos

O terreno estava árido
A plantação não resistiu…
O povo fez reza…
Fez promessa…
Mas o santo não acudio.

Os que nascem nessa terra
tem promessa de vida curta…
Mas na terra de titãs
O povo sonha… o povo luta…

O bem te vi
é o despertador…
O sabiá o violeiro
no poente quando o asanhaço canta
Encanta o mundo inteiro.

Castro Alves por
Aqui viveu…
Rui Barbosa se criou…
Jorge Amado aqui nasceu…
E Vinicius já morou…

A poesia esta na veia
Esta no sangue desse povo.
Todo gringo quando vem aqui
promete voltar dinovo

Em cada canto do mundo
tem gente do sertão..
A hitoria dese povo
Causa enveja a qualquer nacão

Salve…salve o povo do sertão
esse povo lutador
gente de muita cultura
e de muito valor.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]