Lula recebe nova proposta de política industrial

Uma nova proposta de política industrial foi apresentada hoje (13/02/2008) ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge.

Ainda em fase de elaboração, a idéia é que a proposta seja coordenada pelo Ministério do Desenvolvimento, mas envolva todas as pastas, ressaltou Miguel Jorge. O objetivo é reduzir as dificuldades das empresas em obter informações sobre possibilidades de incentivos, como financiamento do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e até incentivos fiscais.

“Hoje cada empresa tem que ir de fundo a fundo, procurar saber o que o governo oferece. O que estamos propondo é que o próprio governo faça a coordenação”, explicou o ministro.

Entre as ações apresentadas ao presidente, está a construção de um complexo industrial da saúde para produzir desde equipamentos hospitalares a princípios ativos de medicamentos.

Miguel Jorge afirmou que é preciso esperar a votação do orçamento para avançar nas discussões sobre a proposta, com envolvimento inclusive do Ministério da Fazenda. “Esperamos que ele [orçamento] seja aprovado o mais rápido possível e após dez dias da aprovação, tenhamos condições de apresentar ao presidente a proposta completa”, afirmou.

Uma vez aprovado por Lula, o conjunto de ações, também chamado por Miguel Jorge de Plano de Desenvolvimento Produtivo, seria apresentado ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Industrial, formado por ministros e representantes de empresários e trabalhadores.

De acordo com o ministro, o presidente Lula recebeu bem as ações iniciais que lhe foram apresentadas

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]