Hillary espera volta por cima em New Hampshire

Hillary reconheceu seus erros e está tentando conquistar os eleitores mais jovens, que apoiaram Obama em Iowa. Mas a dúvida é se os poucos dias entre as duas disputas foram suficientes para mudar percepções e convencer um partido democrata em busca de mudança que ela é a melhor opção.

Barack Obama durante campanha em New Hampshire
É óbvio que New Hampshire – onde os Clinton têm raízes mais fortes – não é Iowa.

Mas os laços dos Clintons em New Hampshire estão sendo testados pelo ímpeto de Obama e pela crença de que este Estado pode ser decisivo, de que uma segunda vitória de Obama pode decidir quem será o candidato democrata.

Isso não deve acontecer – a campanha de Hillary tem muito dinheiro e também muita organização no país inteiro. Mas, se Obama conseguir uma vitória convincente, o nervosismo no lado de Hillary será maior.

E o outro pré-candidato, John Edwards? Apesar de o ex-senador ter chegado à frente de Hillary em Iowa, ele investiu a maior parte de seu dinheiro e esforço naquele Estado. Seu discurso populista e contra as grandes corporações não funciona bem em New Hampshire. É provável que ele não consiga ultrapassar o terceiro lugar.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]