Carta ao Delegado Regional de Feira de Santana | Por Carlos Augusto

Carlos Augusto, Delegado do SINJORBA junto a FENAJ e diretor do Jornal Grande Bahia.

Carlos Augusto, Delegado do SINJORBA junto a FENAJ e diretor do Jornal Grande Bahia.

Feira de Santana, 14 de Janeiro de 2008.

Ilmº. Sr. Celso Bezerra

Delegado Regional

Eu, Carlos Augusto Oliveira da Silva, Delegado do SINJORBA (Sindicato dos Jornalistas da Bahia) junto a FENAJ (Federação Nacional de Jornalistas), venho através desta, solicitar do Delegado Regional de Feira de Santana, Celso Bezerra, uma solução efetiva para a elucidação do hediondo crime ocorrido no dia 25 de dezembro de 2007, no Bairro do Feira X. Crime que teve como principal vítima o jovem universitário Joilton Átila Matos (23 anos), filho do conceituado radialista e estudante de comunicação, Joilton Freitas de Matos. Os atos de violência abalaram e causaram consternação a toda sociedade feirense.

Até o presente momento, as autoridades constituídas não conseguiram chegar ao(s) verdadeiro(s) criminoso(s). Esta situação vem angustiando a família da vítima e toda a sociedade que clama por justiça e não aceita a impunidade como resposta. É inaceitável que nos crimes cometidos à luz do dia, com o envolvimento de 13 pessoas, e com quatros vítimas de facadas, não se possa encontrar o(s) autor(es) do homicídio e das tentativas de homicídio.

A categoria de jornalistas, por mim representada, aguarda com ansiedade, o indiciamento do(s) autor(es) dos crimes. O resultado desta investigação, não pode ser outro, se não, o indiciamento do(s) crimino(s), para que este(s) pague(m) na justiça pelos hediondos crimes cometidos. É o que se espera de uma sociedade que se considere minimamente civilizada.

Atenciosamente,

Carlos Augusto Oliveira da Silva

Delegado do SINJORBA

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia).