PAC da Saúde prevê número maior de remédios subsidiados e de farmácias populares

O governo federal deverá ampliar a oferta de medicamentos subsidiados e aumentar o número de unidades do Programa Farmácia Popular. As medidas fazem parte do Programa Mais Saúde, chamado também de PAC da Saúde, lançado hoje (05/12/2007) no Palácio do Planalto.

A meta é aumentar de nove para 25 o número de medicamentos subsidiados. “Vamos incluir medicamentos para o tratamento da asma, de redução do colesterol, antibióticos, medicamentos para o tratamento da osteoporose e Alzheimer”, afirmou o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, na cerimônia de lançamento do programa.

De acordo com o ministro, o governo irá também aumentar de 4 mil para 20 mil o número de farmácias do varejo que vendem medicamentos subsidiados. No caso do Programa Farmácia Popular, a meta é chegar a 500 unidades próprias até 2011.

“O Farmácia Popular é extremamente importante. Por quê? De nada adianta estruturar o sistema de saúde de qualidade sem garantir o acesso ao medicamento”, ressaltou Temporão.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]