Conselho Curador da TV Brasil será eclético

Um conselho eclético que terá como função fiscalizar a TV Pública. Assim será o Conselho Curador da Empresa Brasil de Comunicação, escolhido pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que lança no domingo (02/12/2007) a TV Brasil. Entre os 15 conselheiros estão o rapper MV Bill, cujo nome já estava cotado, José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, que atua como consultor da Rede Globo, e a carnavalesca Rosa Magalhães. A escolha, bem diversificada, é baseada na diversidade regional e na pluralidade.

No conselho, não há atores e o único representante de TV é Boni. José Paulo Cavalcanti Filho, ex-presidente da antiga Empresa Brasileira de Notícias, é o único jornalista, sem contar com o ministro Franklin Martins, que, junto com os ministros da Educação, Fernando Haddad, da Ciência e Tecnologia, Sérgio Resende, e da Cultura, Gilberto Gil, também estará entre os integrantes do Conselho Curador.

Os mandatos serão de quatro anos. Os conselheiros vão se reunir em Brasília mensalmente, segundo o estatuto da TV Brasil. A linha editorial será definida por eles e também os rumos da emissora. Se estiverem insatisfeitos com o que estará no ar, poderão demitir os diretores da TV e até a presidente da EBC, Tereza Cruvinel.

Conheça os membros do Conselho Curador, cujo presidente, que ainda não está escolhido, deverá ser o economista Luiz Gonzaga Beluzzo:

Ângela Gutierrez, empresária e colecionadora de arte

Cláudio Lembo, ex-governador de São Paulo (DEM)

Delfim Netto, ex-deputado federal

Ima Vieira, diretora do Museu Paraense Emílio Goledi

Isaac Pinhanta, professor indígena

José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, empresário e consultor da Rede Globo

José Martins, engenheiro mecânico

José Paulo Cavalcanti, advogado e jornalista

Lúcia Willadino Braga, diretora da Rede Sarah de Hospitais

Luiz Edson Fachin, professor de Direito da Universidade Federal do Paraná

Luiz Gonzaga Belluzzo, economista

Maria da Penha Maia, biofarmacêutica cearense

MV Bill, rapper e militante do movimento negro

Rosa Magalhães, carnavalesca

Wanderley Guilherme dos Santos, professor de teoria política da UFRJ.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]