A prática do trote é um ato de segregação que não pode ser tolerado

Há vários semestres tem-se registrado, na Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), atitudes violentas, sob o pretexto de “trote aos novos alunos”. Estes atos lamentáveis vão de encontro aos mais básicos princípios de respeito à integridade física do cidadão, além de se caracterizar como uma agressão psicológica que pode causar danos irreverssíveis às vítimas. Atos como estes merecem o repúdio universitário bem como de toda a sociedade

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]