5º Feira do Semi-Árido

A Universidade Estadual de Feira de Santana realiza, a partir desta terça-feira, a V Feira do Semi-Árido, evento que reúne representantes de centenas de municípios para discussão de problemas, desafios e potencialidades regionais. A abertura terá a participação do secretário Ildes Ferreira, de Ciência, Tecnologia e Inovação da Bahia (Secti), que profere palestra sobre o tema central do evento: A Questão Socioambiental e o Diálogo entre as Diversas Tecnologias no Semi-Árido.

Até sexta-feira (09/11/2011), a Feira pretende identificar a capacidade, de homens e de mulheres, de oferecer idéias, produtos e os caminhos para efetivação do desenvolvimento regional. Desta forma, “elegeu-se como proposta a discussão dessa sub-região do Nordeste, enquanto totalidade, explicando o papel das diversas tecnologias para consolidação da auto-sustentabilidade”, conforme salienta Nacelice Freitas, coordenadora geral do evento. A programação cultural prevê apresentações artísticas, além da comercialização de produtos regionais em estandes instaladas no campus.

Região que agrega cerca de 280 municípios, o semi-árido do Estado da Bahia, abrange uma área de 360 mil quilômetros quadrados, que corresponde a 64% do território estadual e a 51,7% de todo o semi-árido nordestino, onde vivem cerca de 7 milhões de baianos. Esta região tem como características marcantes baixos índices de pluviosidade, irregularidade na distribuição das chuvas e temperaturas médias elevadas.

Debate participativo

Trata-se de uma das regiões mais pobres do país, com problemas discutidos, ao longo dos anos, dentro de uma lógica paternalista, sem considerar o seu potencial econômico. No lugar de se pensar em políticas públicas que contribuíssem para um efetivo processo de desenvolvimento sustentável, buscaram-se políticas compensatórias para solucionar problemas pontuais e emergenciais, de forma assistencialista.

O evento pretende contemplar, de maneira ampla e democrática, o debate participativo sobre o semi-árido através do olhar dos diferentes pesquisadores e estudiosos (economistas, biólogos, geógrafos, historiadores, sociólogos, agrônomos e educadores), de empresários, de gestores públicos e da população.

A estrutura organizativa está concebida a partir de três espaços inter-relacionados: espaços para trocas de conhecimentos acadêmicos, para trocas de experiências sociais e de idéias e exposição de produtos. Espera-se envolver a sociedade civil e o poder público da região, em torno das questões temáticas de interesse do semi-árido, debatendo sobre suas responsabilidades e perspectivas. Iniciando, assim, um processo de mobilização das forças políticas, empresariais e sociais para implementação de um efetivo processo de desenvolvimento.

Os interessados podem obter informações sobre a programação da Feira através da internet (www.uefs.br, seção Acontece). Quem desejar, pode se dirigir à Pró-reitoria de Extensão, localizada no prédio da Administração Central, campus universitário, ou telefonar para (75) 3224-8253 e 3224-8254.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]