Três políticos baianos poderão perder os seus mandatos

Os 11 ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) fizeram ontem a reforma política que os 594 parlamentares do Congresso Nacional vinham relutando em promover. Por 8 votos a 3, os partidos ganharam o direito constitucional de exigir fidelidade de seus deputados e vereadores. Acabando de vez com a nefasta prática fisiológica adotada pelos políticos que provocava um efetivo deserviço à democracia.

As consequências dessa mudança de postura política adotada pelos ministros do (STF) que baniu de vez o famigerado troca-troca político no país, já começaram a produzir os seus primeiros estragos na Bahia. Dois deputados baianos “infieis” poderão a vir perder os mandatos, a deputada Jusmari Oliveira (DEM) e o deputado Sérgio Brito que deixou o PDT e migrou para o PMDB. Também encontra-se nesta lista o senador César Borges, que recentemente deixou o partido Democratas para se abrigar nas hostes do Partido Republicano (PR).

A medida adotada pelo STF em nosso entendimento é saneadora e justa. O mandato eletivo é uma prerogativa do partido, sem a existência concreta do mesmo, nenhum cidadão pode ocupar qualquer cargo, seja na esfera do poder legislativo ou executiva. Venceu a democracia.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]