Revogada prisão de empresários acusados de sonegação fiscal

Foram liberados na noite de ontem (02/10/2007) cinco dos sete empresários presos durante a Operação Tesouro sob a acusação de sonegação fiscal. A prisão temporária foi revogada pela juíza da 1ª Vara Especializada Criminal, Ivone Bessa Ramos, mediante pedido dos advogados. Como já haviam prestado depoimento e não tinham nenhum outro pedido de prisão em aberto, os acusados puderam ser liberados.

Permanecem detidos na sede da Polinter Alexandre Farias Cordeiro e Charles Henrique Lima Santana. Eles são ex-funcionários da empresa Netowork, acusada de desenvolver um programa de computador para burlar o sistema fiscal da Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz). Os advogados deles entraram com o pedido de revogação hoje (3) e até o final do dia eles podem ser soltos.

O pedido de prisão temporária tem validade máxima de cinco dias. Esse tipo de prisão é solicitado ao juiz quando há necessidade de esclarecimento dos fatos.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]