Fabinho elogia luta para redução de tarifas bancárias

O deputado Fernando de Fabinho (DEM/BA), vice-líder do Democratas, afirmou, na Comissão de Defesa de Consumidor (CDC) da Câmara dos Deputados, que é apenas uma questão de tempo as tarifas bancárias serem reduzidas. Para ele, há um consenso que os bancos têm de dar maior transparência às tarifas, pois, do contrário, a CDC vai continuar, juntamente com outros órgãos de defesa do consumidor em atividade no Brasil, a denunciar e a convocar os responsáveis pelos preços das tarifas, que, segundo ele, são confusos e altos.

“A CDC está de parabéns. Nós nos reunimos algumas vezes com os técnicos do Banco Central, do Ministério Público e dos Ministérios da Fazenda e da Justiça com a finalidade de discutirmos a falta de transparência das tarifas públicas, fato que incomoda muito os cidadãos brasileiros, bem como o preço cobrado por elas, que são muito altos. Chegamos ao consenso de que há necessidade de padronização e de redução da quantidade de tarifas bancárias, a fim de limitarmos para 20 o número delas” — informa Fernando de Fabinho.

Conforme Fabinho, os deputados e os técnicos querem a adoção de uma mesma nomenclatura para que os correntistas dos bancos possam comparar os preços oferecidos no mercado. Para o deputado, a falta de transparência é tão absurda, que ele deu como um dos exemplos os cartões magnéticos que chegam a ter 11 tipos de tarifas diferenciadas, o que, para ele, é um processo que, sobremaneira, ajuda os bancos a confundir os consumidores e com isso se aproveitar para aumentar, ou não explicar, as cobranças de tarifas.indevidas.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]