Conheça os componentes e a proposta da ‘Chapa 1’ para a eleição 2007 do SINJORBA

Jornal de campanha apresenta os componentes da 'Chapa 1', denominada ‘À luta, sem perder a ternura’, para a eleição 2007 do Sinjorba.

Jornal de campanha apresenta os componentes da ‘Chapa 1’, denominada ‘À luta, sem perder a ternura’, para a eleição 2007 do Sinjorba.

A ‘Chapa 1’, denominada ‘À luta, sem perder a ternura’, apresenta conjunto de propostas e a relação dos componentes que concorrerem na eleição 2007, para a direção do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA).

A ‘Chapa 1’ é liderada pela candidata a presidente Kardelícia Mourão Lopes (Kardé Mourão).

A eleição do sindicato é estadual, e ocorre nos dias 17 e 18 de julho de 2007. A vitória garante o comando do Sinjorba pelos próximos três anos.

Confira o teor das propostas

Colegas jornalistas,

Sindicato não é apenas manifestação de desejo É PARTICIPAÇÃO E AÇÃO.

Nos dias 17 e 18 de julho os jornalistas baianos estão sendo convocados a discutirem o seu sindicato. Nessa data, a categoria escolherá a diretoria que estará à frente da entidade nos próximos três anos. É o momento dos associados do Sinjorba se posicionarem ante a crise pela qual passa a entidade, hoje respirando graças a dedicação de poucos abnegados.

Nossa categoria encontra-se dispersa. Com a crise dos veículos de comunicação, as vagas do emprego formal com jornada fixa e carteira assinada, diminuíram. As redações empregam pouco e o enorme exército de reserva rebaixa a remuneração, obrigando-nos à informalidade e a dupla e até tripla jornada. Com isso, o tempo de todos foi reduzido e dedicar algumas horas por semana ao sindicato é hoje muito difícil para a maioria dos jornalistas.

O esforço dos colegas da atual diretoria pode ser sentido principalmente nas redações. Foi essa gestão que forçou a Tribuna a fechar acordo na DRT e assinar a carteira dos profissionais que antes recebiam vales semanais de R$ 100 com desconto de ISS, sem direito a vales-transportes e outros benefícios.

Que começou a discutir os acordos coletivos com as redações, principalmente do Correio da Bahia, antes e durante o processo de negociação. Que abriu o debate sobre o Conselho e o diploma aqui na Bahia. Que esteve presente nas faculdades.

Que conquistou a reforma da sede do Pelourinho, após muitos anos e em vias de ser concluída pela Conder. As enormes necessidades e demandas que ainda temos exigem porém uma virada de jogo, com maior comprometimento e participação dos novos diretores e da categoria. O Sinjorba só será uma força viva e atuante se conseguir mobilizar os jornalistas e estes se sentirem corresponsáveis pela construção de um novo momento na entidade.

Seja participando ativamente da ação cotidiana, seja estando presente nas atividades e projetos, ou mesmo apenas contribuindo regularmente com a mensalidade. A participação grande ou pequena de todos é que nos dará a retaguarda para um novo momento.

Esta virada urge!

Somente na Bahia são 21 faculdades de Jornalismo que oferecem 2.900 vagas num mercado de trabalho restrito. Um sindicato fraco acirra as dificuldades, favorece os patrões, não estimula o empreendedorismo e reduz a autoestima dos profissionais e dos aspirantes.

Um sindicato forte, une, congrega e demonstra a representatividade de uma categoria disposta a brigar por seus direitos.

Nós da Chapa 1 temos gás para sermos os atores principais nessa virada! Não temos medo de assumir nossas responsabilidades pelo que deixou de ser feito, nem os diretores da atual gestão nem a gente nova que veio oxigenar nossa batalha.

Não faz sentido culpar os outros por erros que também praticamos por ação ou por omissão. Isso seria covardia! Sim, porque sindicato não é só manifestação de desejo. É participação e ação.

Se na hora de agir, propostas mirabolantes ocuparem o lugar do realismo, repetiremos erros atuais. Este grupo não se apresenta como salvador da pátria. Não se coloca como situação, nem como oposição. Se apresenta como jornalistas – com independência, diferença de credos, raças, ideologias e times de futebol – preocupados com nosso sindicato, com valores primordiais que nos une e com ideias a serem discutidas por toda a categoria, rumo a um novo programa para o Sinjorba.

Um programa que nos leve à luta, que transforme desejo em prática e que nos permita visualizar um futuro melhor para nossa entidade.

Propostas de Ação da Chapa 1 – ‘À luta, sem perder a ternura’

Valores

Ética, Responsabilidade Social, Respeito, Transparência

Bandeiras

Defender a criação do Conselho Federal dos Jornalistas, o Diploma de Jornalismo e os Direitos da categoria em todo o estado.

Identidade e Defesa da Profissão

Fortalecer e ampliar a identificação dos jornalistas e estudantes de jornalismo com o Sinjorba, a participação dos colegas profissionais e estudantes na elaboração de projetos, encontros e ações promovidas pelo Sindicato, como cursos, seminários e atividades de confraternização, construindo coletivamente a opinião dos sobre os temas de interesse da categoria;

Propor ao governo do Estado a realização de concurso público para contratação de jornalistas à Agecom;

Fortalecer a parceria com os demais sindicatos de jornalismo do Brasil e com a Fenaj;

Revitalizar a sede, tornando-a também ponto de encontro de jornalistas, criando o espaço Café do Jornalista e Lanhouse do Jornalista;

Buscar o Sinterp para discutir a unidade das ações e debater soluções para o histórico problema do sombreamento de tarefas, que prejudicam a categoria e só favorece as empresas.

Comunicação

Reformulação do site do Sinjorba: cadastro de currículos e empresas, oferta de trabalho, publicações, pesquisas, artigos, calendário de eventos, biblioteca, galeria, notícias, informes, prestação de contas, boletins, informes, prestação de contas, boletins, boleto para pagamento trimestral, semestral e anual de mensalidades;

Atualização e ampliação dos contatos de jornalistas baianos e empresas de comunicação, com a criação do cadastro da categoria, a ser disponibilizado em nosso site;

Resgatar o Jornal Pauta Livre impresso e on-line, com profissionalização de todo o processo, desde o financiamento até a edição;

Ampliar calendário de encontros e eventos com profissionais e estudantes de jornalismo;-> Valorizar a nossa lista de discussão na internet, utilizando a mesma para ouvir a categoria acerca das demandas e ações do Sindicato;

Fortalecer o Fórum pela Democratização da Comunicação e os movimentos em defesa das rádios comunitárias;

Ampliar contato e parceria com demais atores sociais – ONGs, poder público e empresas – com o propósito de contribuir para a construção de uma sociedade mais justa.

Educação e qualificação profissional

Ampliar parcerias com universidades, centros de ensino e de profissionalização para oferecer cursos de qualificação, aperfeiçoamento, especialização e gestão para profissionais formados;

Estabelecer parceria com universidades para oferecer descontos e condições especiais de pagamento para os estudantes de jornalismo filiados ao Sinjorba;

Oferecer cursos de pequena duração que tratem de temas de interesse dos profissionais formados e em formação;

Estabelecer parceria com instituições de ensino para oportunizar ao jornalista e estudantes de jornalismo cursos de idioma com descontos e/ou condições especiais de pagamento

Intensificar os debates sobre a profissão e criação do Conselho Federal dos Jornalistas e defesa do Diploma de Jornalismo nas instituições de ensino e empresas de comunicação;

Montar uma biblioteca na sede do Sinjorba com livros e outras publicações, a partir de campanhas de doações junto a pessoas, poder público, ONGs e iniciativa privada.

Cultura, Esporte e Lazer

Ampliar parceria com estabelecimentos comerciais e centros de esporte, cultura e lazer para proporcionar descontos e condições especiais para jornalistas e estudantes de jornalismo;

Estabelecer parcerias com iniciativa privada e governo no sentido de criar e estimular premiações anuais de trabalhos jornalísticos e acadêmicos, além de apoio para a realização das atividades;

Ampliar o calendário de eventos esportivos e culturais de jornalistas e estudantes de jornalismo, inclusive utilizando o espaço de nossa sede, como forma de estimular uma melhor relação do profissional com a sua casa.

Bens e Serviços

Habitação – Estabelecer parceria com instituições bancárias e governamentais para financiamento de imóveis residenciais para jornalistas com descontos e condições especiais de pagamento;

Plano de Saúde – Ampliar parceria com empresas de Plano de Saúde para diversificar as opções disponibilizadas para jornalistas e estudantes de jornalismo; -> Plano Odontológico – Ampliar parceria com empresas de Plano Odontológico para diversificar as opções disponibilizadas para jornalistas e estudantes de jornalismo

Creches e Escolas – Estabelecer parceria com instituições educacionais para oferecer descontos nas matrículas e anuidades de filhos de jornalistas e estudantes de jornalismo;

Fortalecer a assistência jurídica do Sindicato, firmando convênios com mais escritórios de forma a oportunizar opções aos jornalistas;

Implantar a cartão Sinjorba e o sistema de convênios do Sindicato, para garantir vantagens aos associados em estabelecimentos comerciais, livrarias, óticas, farmácias, academias de ginástica, clubes, hotéis e pousadas;

Estudar e discutir com a categoria a criação da Caixa de Assistência, com formato semelhante ao da OAB e que ampare emergencialmente – e temporariamente – colegas associados que foram obrigados a afastar-se da profissão por problemas de saúde ou pessoais, com fundos oriundos da contribuição mensal dos seus membros.

Sustentabilidade

Ampliar a filiação de jornalistas e estudantes de jornalismo;

Modernizar a cobrança de mensalidades, com débito em conta e implantação do sistema de trimestralidade, semestralidade e anualidade;

Promover cursos, workshops, seminários, encontros, congressos e outras atividades de interesse da categoria, que possam proporcionar sobra de recursos;

Propor à Agecom, Assembleia Legislativa, Prefeitura de Salvador e outras grandes cidades e à Câmara de Salvador a cobrança da mensalidade com desconto em folha;

Potencializar o café do jornalista a e lan house como formas de arrecadar recursos, que mesmo mínimos podem contribuir com a manutenção da sede.

Confira a relação dos componentes da Chapa 1

Diretoria executiva

Presidente: Kardelícia Mourão Lopes

1 º Vice- presidente: Marjorie da Silva Moura

2 º Vice- presidente: Raymundo Alves Silva

1 ª Secretaria: Regina Maria Ferreira de Oliveira

2 ª Secretaria : Flávio Leonardo Moura Oliveira

1 ª Tesouraria: Hélio Brandão da Silva

2 ª Tesouraria: Rita de Cássia Coutinho Conrado Dantas

Diretoria de Defesa da Profissão: Edson Miranda Borges

Vice- Diretoria de Defesa da Profissão: Margarida Neide de Souza Olandezos

Diretoria de Assuntos Jurídicos: Luiz Carlos dos Santos

Vice- Diretoria de Assuntos Jurídicos: Antonio Saturnino Bezerra da Silva

Diretoria de Comunicação: Moacy Carlos Almeida Neves

Vice- Diretoria de Comunicação: Haroldo Abrantes da Silva

Diretoria de Cultura, Esporte e Lazer: Osmar Santos Martins

Vice- Dir. de Cult. Esporte e Lazer: Daniela de Assis Silva

Diretoria Social: Edmundo Magno da Silva Lemos

Vice- Diretoria Social: Valmir Palma Ferreira

Delegado junto à Fenaj: Carlos Augusto Oliveira da Silva

Vice-Delegado junto à Fenaj: Ubiratan Passos Almeida

DIRETORIAS REGIONAIS

SUL

Itabuna/Ilhéus: Marcos Valério Luz de Magalhães

Vice: Mauricio Antonio Oliveira Maron

NORTE

Juazeiro: Antonio Pedro do Nascimento

Vice: Judas Tadeu Pinheiro Cavalcante

NORDESTE

Feira de Santana: Edson Felloni Borges

Vice: Antonio Cláudio Ribeiro Oliveira

EXTREMO SUL

Eunápolis: Marlene Pereira Abade

Vice: Athylla Borborema Cardoso

OESTE

Barreiras: Miriam Hermes

Vice: Nádia Brescovici Borges

SUDOESTE

Vitória da Conquista: José Amorim da Silva Filho

Vice: Edna Santos Nolasco

SUDESTE

Jequié: José Nilton Bispo Meira

Vice: Domingos Ailton Ribeiro de Carvalho

A 'Chapa 1', denominada ‘À luta, sem perder a ternura’, apresenta conjunto de propostas para a eleição 2007 do Sinjorba.

A ‘Chapa 1’, denominada ‘À luta, sem perder a ternura’, apresenta conjunto de propostas para a eleição 2007 do Sinjorba.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]